Há muito que Marta Dávila Luís vem empreender para ter um negócio de sucesso e no futuro ter uma estabilidade financeira. Tudo começou há cerca de um ano quando levou um bolo para o seu local de trabalho. As colegas provaram e incentivaram-na a enveredar para o negócio de bolos. Este incentivo foi o “motor de arranque”. Na primeira tentativa investiu 5 mil kwanzas e as colegas ajudaram a publicitar a qualidade de bolos, rissóis, musses e gelados feitos por si. Dasde aquela data, nunca mais parou. Com a força e o apoio que teve dos amigos, Dávila investiu seriamente no negócio, tendo investido 70 mil kwanzas para confeccionar as iguárias. Na primeira venda amealhou 20 mil kwanzas. A satisfação era incontrolável, pois os resultados começaram a ser mais animadores. “Desde aquele dia, fiquei muito motivadae nunca mais parei. Vi que o negócio seria rentável”, disse. As iguarias são confeccionadas com base em sabores diversos, com de laranja, morango, abacate e outras frutas de produção nacional.

Eventos
A qualidade dos doces e salgados já lhe valeram muitos convites para eventos colectivos como feiras e outros onde conseguiu estabelecer mais contactos de negócios.
A empreendedora já tem a sua marca fidelizada “ Dávila Doces”. Fruto da procura criou uma plataforma digital no (Facebook) para comercializá-los. O negócio, neste momento, é feito via online, pois, facilita os clientes que não têm tempo para se deslocar e solicitar os seus serviços.
Por via do negócio, Marta Luis consegue estabelecer muitos contactos para servir em casamentos, baptizados, aniversários, pedidos
de noivado e outros eventos.
Actualmente, conta com a colaboração de três pessoas, que contribuem para o sucesso do negócio.

Lucros
Marta Luis diz que o negócio é lucrativo, tanto que, brevemente vai abrir um estabelecimento comercial com os produtos da sua marca.O empreendimento vai ser erguido no
município de Viana em Luanda.
Para assegurar e a expansão do negócio, vai promover brevemente uma acção formativa dirigida a quatro jovens que vão assegurar a actividade no município satelite.
A nova actuação neste nicho, vai, na sua opinião, proporcionar que os clientes, possam terá acesso aos produtos da sua marca, sem necessidade
de recorrer a internet. Um gelado gourmet, por exemplo, custa 200 kwanzas, musse 500 e um bolo de aniversários 15 mil kwanzas, explicou.