O director provincial das Finanças, em Malanje, Carlos Frederico, disse que a instituição está a desenvolver acções que visam o financiamento das administrações locais, assim como também a implementação do portal do munícipe em todos os municípios. Numa primeira fase o portal vai abranger apenas quatro municípios, designadamente, Malanje, Calandula, Cangandala e Cacuso.
Ainda assim, frisou Carlos Frederico está igualmente na forja os serviços de protocolo que permite ao munícipe cumprir com as suas obrigações tributárias com o pagamento através da sua área de jurisdição visando desafogar as instalações da sede provincial, acrescentando que se trata de uma orientação expressa do ministério de tutela.
Carlos Frederico revelou que a Direcção de Finanças está a trabalhar no sentido de combater a fuga ao fisco na província, não obstante estar controlada.
O deputado António Evaristo destacou o trabalho que está a ser realizado pela Administração Geral Tributária e das Finanças apesar de se constatarem algumas dificuldades que tem a ver com a falta de mais quadros. António Evaristo revelou a Administração Geral Tributária prevê arrecadar até ao final de 2019, mais de 2 mil milhões de kwanzas, para quem isso, reflecte o bom andamento dos serviços destes organismos do Estado na província. Recorde-se que, a AGT, é um organismo do Estado que tem por finalidade repor a execução da política tributária e assegura o seu cumprimento integral