A corrida às compras por estes dias tem aumentado por causa do salário. Muitas são as pessoas que a essa altura do mês receberam já os seus ordenados e como sempre, nos tradicionais supermercados de levantamento e sugestão do “Hora das Compras” assiste-se a uma movimentação mais sentida, além da presença de agentes informais à entrada, ora em sinal de que algum produto no interior está em baixa disponibilidade, ora em sinal de que os clientes é para aquele local que vão em maior número e frequência.
Durante a ronda desta semana, constatou-se que os preços dos produtos da cesta básica mantêm-se inalteráveis desde o início do mês. Alguns cidadãos interpelados confirmaram que se verifica uma estabilidade de preços na maioria dos principais produtos.
Não menos importante é também ver-se que as promoções com baixa de preços reduzem em razão talves de uma maior procura. É exactamente a procura que justifica com que os preços ou mantêm-se ou sobem ligeiramente como verifica-se
no peixe congelado.