As exportações de 38,9 milhões de barris de petróleo ao preço médio de 54,16 dólares renderam a Angola, em Agosto, uma receita de 392,5 mil milhões de kwanzas. Conforme o relatório que o Ministério das Finanças divulgou na sua página de internet, o bloco 17 com 11,2 milhões de barrís e preço médio de 66 dólares contribuiu com 188,3 mil milhões de kwanzas no total da receita, sendo que 35,8 mil milhões de kwanzas foram registados como Imposto sobre Rendimento de Petróleo (IRP) e 152, 4 mil milhões para a Concessionária. Estes números reforçam os indicadores de ser o bloco 17 o que mais produz e contribui para as contas do sector petrolífero nacional. A publicação do Minfin faz saber que em Impostos sobre o Rendimento de Petróleo (IRP) colectou-se, ao todo, 89,8 mil milhões de kwanzas. No quadro dos três maiores blocos de produção petrolífero, em termos de receita, surge ainda o bloco 15, que em Agosto, posicionou-se com uma arrecadação de 74,2 mil milhões de kwanzas a um preço médio de venda do barril de 64,29 dólares. A referida receita derivou de 10,8 mil milhões em IRP e 63,3 mil milhões em receitas da Concessionária. O bloco 31 seguiu-se com 50,1 mil milhões de kwanzas de receita total, dos quais 46 mil milhões são de Concessionária e 4,1 mil milhões de IRP. Comparativamente ao mês de Julho, haviam sido exportados, no período, 41,8 milhões de barrís, tendo resulatdo daí uma receita de 297 mil milhões de kwanzas. O bloco 17 com 13,3 milhões de barris, exportados ao preço médio de 65,93 dólares, consolidara uma receita de 100,9 mil milhões, dos quais 71,3 mil milhões foram da Concessionária e 29,5 mil milhões resultantes dos Impostos sobre o Rendimento de Petróleo (IRP), conforme dados do Minfin que se socorre às informações disponibilizadas junto da Administração Geral Tributária (AGT). Compartivamente ao período homólogo, em Agosto do ano passado (2018), o Ministério das Finanças fez publicar uma receita petrolífera de 314 mil milhões de kwanzas, da qual 214,3 mil milhões foram da Concessionária e 74,1 mil milhões do IRP. Na ocasião, foram exportados 43,2 milhões de barrís e o preço médio foi de 72,19 dólares. O bloco 17 destacou-se também com 151,3 mil milhões de kwanzas em receita, de onde 129,7 mil milhões foram de Concessionária, 21,5 mil milhões de IRP, de uma venda de 15,4 milhões de barrís ao preço médio de 73,56 dólares. Nos mercados internacionais, ontem, o preço do barril de petróleo Brenet estava a sert transaccionado em Londres ao preço de 57,69 dólares. A variação negativa foi de 2,08 po cento depois de uma queda de 1,20 em relação ao dia anterior.

Os operadores querem um preço estável nos 60 dólares.