A decorrer sob o lema “dinamizar e fortalecer as iniciativas de produção do mel e seus derivados”, o evento vai congregar quadros do Ministério da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, apicultores e especialista das 18 províncias.
Ao anunciar o facto à imprensa, a decana da Faculdade de Ciências Agrárias, da Universidade José Eduardo dos Santos, Imaculada Matias, explicou que a realização desta conferência resulta de um estudo efectuado no município do Cachiungo, recentemente.
Deste levantamento, realizado por docentes da faculdade, concluiu-se que naquele município, cuja vila localiza-se a 62 quilómetros da cidade do Huambo, existe uma variedade de eucalipto propício à produção do mel.
Imaculada Matias informou, ainda, que o evento visa estudar mecanismos para a produção do mel em grande escala, tendo em conta a diversificação da economia nacional.
Durante a conferência, os participantes vão debater acerca do financiamento da actividade apícola em Angola, a produção, comercialização e a investigação científica desta prática e as estratégias de relançamento.