Os principais índices norte-americanos abriram em queda na terça-feira (15), penalizados pela falta de progressos nas conversações entre os Estados Unidos e a China sobre o comércio, e pelos dados das vendas a retalho relativos ao mês de Abril.
O índice industrial Dow Jones desce 0,49 por cento para 24.778,07 pontos, enquanto o tecnológico Nasdaq cai 0,72 para 7.358,19 pontos. Já o S&P500 desvaloriza 0,53 para 2.715,63 pontos.
De acordo com o embaixador dos Estados Unidos na China, Terry Branstad, os dois países estão ainda “muito longe” de resolver as suas disputas comerciais, numa altura em que se preparam para dar início à segunda ronda de conversações em Washington.
A somar às preocupações relacionadas com o comércio, o ministro da Economia do México, Ildefonso Guajardo afirmou que não espera cumprir o prazo de quinta-feira para alcançar um novo acordo Nafta que possa ser apresentado ao Congresso dos Estados Unidos.
A contribuir para a tendência negativa estão ainda os dados que mostram que as vendas a retalho na maior economia do mundo subiram 0,3 por cento em Abril, em linha com o esperado, depois de um crescimento de 0,8 por cento em Março. O chamado índice “core” - que exclui automóveis, materiais de construção e combustíveis - cresceu 0,4, depois da subida de 0,5 por cento do mês anterior.
Segundo a Bloomberg, os dados aumentam a expectativa de que os gastos dos consumidores vão recuperar no II trimestre.