O Conselho de Administração da Comissão do Mercado de Capitais (CMC) definiu como plano, no quadro de realizações da Semana Mundial do Investidor, que se realiza de 2 a 8 deste mês, a recolha de experiências junto de organizações congéneres e mais antigas, sendo este o seu ano de estreia na Iosco.
A informação foi avançada a este jornal pelo director de comunicação institucional da CMC, José Matoso.
Entretanto, e no quadro de realizações desta efeméride, um painel de debate no programa Vector da rádio LAC foi realizado ontem. O mesmo teve como tema central “A Inclusão Financeira e o Desenvolvimento do Sistema Financeiro em Angola”.
Nele, participaram José Matoso, pela Comissão do Mercado de Capitais (CMC); Avelino dos Santos, em representação do Banco Nacional de Angola (BNA); Adelina Conceição, que representou a Agência Angolana de Regulação e Supervisão de Seguros (ARSEG); Gilberto Luther, do Conselho Nacional de Estabilidade Financeira (CNEF) - entidade afecta ao Ministério das Finanças; o economista Lopes Paulo e o editor da rubrica Vector, José Severino, também ele presidente da Associação Industrial de Angola (AIA).
As entidades presentes, designadamente BNA, CMC e Arseg, são as que em Angola lidam com a temática da educação financeira das comunidades.
Angola implementa reforma nas políticas financeiras (bancárias e não-bancárias) e que passam pela educação das famílias.