A segunda quinzena do mês é um bom período para compras. O custo dos bens nos supermercados e mesmo nos mercados informais baixam
consideravelmente.
Por estes dias, por exemplo, quem entra em qualquer uma das três lojas que tem o Candando em Luanda esfrega às mãos de contente.
As promoções com baixa de preços são visíveis. E, por exemplo, uma caixa de coxa de galinha de 10 kg que, normalmente, custa entre seis e sete mil está nos quatro mil e quinhentos. O frango de galinha desdeu e está agora 699, contra os 719 de antes, só para citar, mas a descida é visível em muitos produtos, incluindo bolachas, cereais, arroz e açucar.
O cenário quase que contrário já encarado nalgumas lojas da rede Kero onde há, visivelmente, escassez de determinados proutos e há já algum tempo. Na unidade do Kilamba e do Morro Bento, é possível ver e falta até banana em quantidade e qualidade, às vezes, sendo este um produto que o mercado declarou a sua auto-suficiência, o que se justifica pelo quilograma de 159 kwanzas em média na maioria dos operadores do retalho e da distribuição.