No âmbito da estratégia de investimento, definida pelo Conselho de Administração da Sonangol, a subsidiária SonaGás, inaugurou recentemente, em Luanda, em parceira com a empresa angolana Kosan Crisplant, uma fábrica de requalificação de garrafas de gás butano, no município de Viana junto à Mini-instalação do Zango.
Segundo dados a que o JE teve acesso, actualmente a única em território nacional com uma capacidade para requalificar numa primeira fase, 700 botijas e futuramente 2.000 por dia, afábrica vai permitir a criação de 55 novos postos de trabalho.
A Ministra da Indústria, Bernarda Martins, presidiu ao acto de inauguração da unidade fábril e fez-se acompanhar pelos membros da Comissão Executiva da SonaGás, o seu presidente, António Domingos dos Santos e os vogais Manuel Barros e Pinto Quizanga.
Com a inauguração deste empreendimento, o presidente da Comissão Executiva da Sonagás disse que foram atingidos os objectivos previamente definidos, nomeadamente, estender o tempo de vida útil das botijas de gás, reduzir a importação e aumentar os níveis de empregabilidade da força de trabalho nacional.
Assistiram igualmente à inauguração da instalação, o Presidente do Conselho de Administração da Kosan Crisplant, Diogo Rodrigues, gestores da SonaGás, representantes do corpo de bombeiros de Luanda, da Administração de Viana e da Polícia Nacional, respectivamente.