A participação da Sonangol, enquanto operadora nas actividades de exploração e produção petrolífera em Angola, representam 20 por cento (280 mil) do total de 1,4 milhão de barris/dia que o país produz.
Se considerado os preços médios de venda do barril nos últimos tempos (55 dólares), aliás cujo valor foi assumido como referência no mais recente aprovado OGE de 2019 revisto, a contribuição financeira da petrolífera estatal é em média 15,4 milhões de dólares/dia. Se considerado o factor multiplicador (30 dias ininterruptos de produção e venda) a facturação mensal da petrolífera estatal não ascende aos 462 milhões de dólares e ao ano 5.544 milhões de dólares. Os valores revelam uma contribuição da petrolífera aos cofres do Estado (35%) de 1,9 mil milhões de dólares ao ano. O processo de regeneração da empresa prevê