A terceira do total de cinco apresentações previstas sobre o concurso de atribuição de direitos mineiros acontece, segunda-feira, 16, no Hotel Hilton de Beijing, na China.
O roadshow do Ministério dos Recursos Minerais e Petróleo prossegue, depois de ter estado, no passado dia 10 no Dubai, tendo antes iniciado as apresentações no Epic Sana, em Luanda.
depois da China, isto nos dias 20 e 30, a comitiva vai para Londres (Inglaterra) e Nova Iorque (Estados Unidos).
Tais concursos visam a prospecção e exploração de diamantes, ferro e fosfatos, nas províncias angolanas de Cabinda, Cuanza Norte, Lunda Norte, Lunda Sul e Zaire.
De acordo com o Mirempet, tratando-se de actos públicos, aos mesmos podem inscrever-se e participar empresas nacionais e estrangeiras, embaixadas, bancos, câmaras de comércio e indústria, associações profissionais e outras entidades com interesse nas concessões mineiras em concurso, bastando para tal a inscrição em “concursopublico2019@mirempet.gov.ao” ou directamente no local da realização de cada evento.
A par do concurso para os diamantes, o Mirempet leva, igualmente, nesse período, mas com datas diferentes, o concurso para exploração de novas bacias petrolíferas nas províncias de Benguela e do Namibe.
O momento está a servir para a apresentação do potencial geológico de cada um dos blocos a licitar, todo o enquadramento legal, fiscal e contratual inerente à participação no processo. Decorrente disso, é expectativa dos promotores que se consigam bons projectos dos investidores privados para lhes ser outorgada as referidas concessões postas em concurso público, pela primeira vez.
Já no sector dos petróleos, a Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANPG), concessionária nacional diz que estão estimados um total de sete (7) biliões de barris de hidrocarbonetos como a quantidade de ouro negro em reservas nos dez (10) blocos das bacias marítimas, em licitação nas províncias de Benguela e Namibe. Houston, Londres e Dubai serão os pontos de amostra no exterior.