A segunda edição do Fórum sobre Economia Azul em África (ABEF), considerado pelos seus promotores como “uma fonte maior de riqueza e prosperidade para o continente”, vai realizar-se de 25 a 26 de Junho, na capital tunisina, Túnis.
A Pana indica que a Câmara de Comércio Tunisino-britânica (TBCC) e o ABEF assinaram na semana passada, neste quadro, um acordo que estabelece “uma parceria estratégica”para a organização da evento.
Segundo os seus organizadores, o fórum reunirá responsáveis governamentais bem como peritos, investidores, empresas, responsáveis políticos, organizações internacionais, sociedade civil, instituições públicas e outros líderes de opinião para debater sobre os sectores emergentes e ligados à economia azul.
Os participantes vão igualmente abordar as vertentes sociais tais como a integração da problemática homens-mulheres, a segurança alimentar e hídrica, a redução da pobreza, a conservação da riqueza e a criação de empregos.
Durante a cerimónia de assinatura, o presidente da TBCC, Mehdi Ben Abdallah, declarou que “este evento permite melhor identificar as oportunidades importantes de investimento na economia azul”.
“Estamos convencidos de que a Tunísia poder ser um dos líderes africanos para enfrentar os desafios do desenvolvimento sustentável e fazer dela uma criadora importante de valor acrescentado económico,
e logo de empregos”, disse.

Proteger o ecossistema
Leila Ben Hassen, fundadora e presidente do ABEF, declarou-se determinada a trabalhar em concertação com a TBCC “para promover o crescimento económico para as gerações actuais e futuras, protegendo a diversidade e o valor intrínseco dos ecossistemas marítimos”.
A primeira edição do fórum realizou-se em Junho de 2018, em Londres, e permitiu identificar grandes oportunidades para a emergência dos espaços marítimos
e aquáticos de África.