A classificação da dívida soberana portuguesa subiu de Ba3 para Ba2, um nível que, como escreve o Diário Económico - que avança a notícia - é ainda considerado “lixo” pelos mercados, mas é entendido como tendo uma maior estabilidade.

Apesar desta nova classificação, Portugal está ainda nove níveis abaixo do que se registava antes do início da crise da dívida soberana.
Recorde-se que a Moody’s foi a primeira agência a colocar o rating de Portugal no nível “lixo”.

Esta agência de notação financeira justifica a decisão com o facto de a situação orçamental de Portugal ter melhorado “mais rapidamente do que o previsto”, por o “rácio da dívida pública começar a descer este ano”, por o país ter tido uma ‘saída limpa’ do programa de ajuda financeira e, ainda, por considerar que a economia nacional está a embalar.