O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) reservou uma carteira de 43,2 mil milhões de kwanzas (450 milhões de dólares), sendo metade destinada a financiar a construção de infra-estrutura rodoviária dos Camarões.

Os Camarões abriram recentemente, a partir de Douala, ligações rodoviárias com Ndjamena (Tchad) e Bangui (RCA). Até 2017, estarão concluídas as estradas que ligam Camarões à Nigéria e Congo, num projecto orçado em 28,8 mil milhões de kwanzas (300 milhões de dólares).