O Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) e o Novo Banco de Desenvolvimento (NBD) assinaram na passada segunda-feira, um acordo para promover novos projectos de impacto para melhorar a vida de milhões de africanos.
O BAD declarou, em comunicado emitido em Washington, nos Estados Unidos de América, que o NBD é um banco multilateral de desenvolvimento criado pelas cinco principais economias emergentes do mundo, designadamente Brasil, Rússia, Índia,China e África do Sul (BRICS).
Os dois bancos trabalharão em conjunto para identificarem, prepararem e co-financiarem projectos de interesse comum, lê-se na nota.
As duas instituições assinaram um Memorando de Entendimento em Washington, a 18 de Outubro, à margem das reuniões anuais do Banco Mundial (BM), formalizando a sua parceria e sua cooperação global.
“Através desta cooperação, alcançaremos os nossos objectivos comuns de promovermos o desenvolvimento económico e social”, disse nessa ocasião o presidente do BAD, Akinwumi Adesina.
As instituições financeiras igualmente compartilham um compromisso com o desenvolvimento sustentável dos projectos de infra-estrutura que diferenciam a vida de milhões de pessoas, acrescentou Adesina.

Empreendimentos específicos
Disse que empreendimentos específicos incluem a energia limpa, infra-estruturas de transporte, a irrigação e a gestão de recursos hídricos.
O saneamento, o desenvolvimento urbano sustentável, bem como a cooperação e a integração económica, também são visados, acrescentou.
Por seu lado, o presidente da NDB, Kundapur Vaman Kamath, declarou que este Memorando de Entendimento cria uma plataforma para a partilha de conhecimentos e o aprofundamento de sinergias entre o desenvolvimento de África e a NBD.