O Governo cabo-verdiano vai investir 700 milhões de escudos (cerca de 6,3 milhões de euros) num programa de formação profissional que contemplará 10 mil jovens, anunciou o ministro das Finanças, Olavo Correia. Com este investimento, serão contemplados cinco mil jovens com estágio profissional e igual número com formação profissional.“Temos de poder aproveitar a energia e a mão-de-obra juvenil disponível no mercado de trabalho para alavancar a economia. Temos”, disse Olavo Correia, que acumular ainda as funções de vice-primeiro-ministro, durante a apresentação pública das ofertas formativas e oportunidades de financiamento para 2019. Além destes 700 milhões de escudos cabo-verdianos previstos para a formação profissional, o governante disse que o Executivo tem previsto um conjunto de medidas e incentivos a nível das empresas.

Crescimento do PIB
Por outro lado, o Produto Interno Bruto (PIB) de Cabo Verde deve crescer 4,1 por cento no ano de 2019, de acordo com a projecção constante dum relatório divulgado recentemente pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD). Reagindo ao relátório, o ministro cabo-verdiano do Turismo e Transportes, José Gonçalves, contrariou as previsões do BAD, dizendo que o governo prevê um crescimento do PIB entre os 5 e os 5,5 por cento.