Uma reunião de ministros das Finanças e de governadores dos bancos centrais dos Estados membros da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) foi realizada esta semana em Abidjan, sobre a adopção da moeda única, soube a Panapresse de fonte oficial.
Esta sessão de reflexão abrangeu o programa da moeda única da sub-região e questões estratégicas, que deverão permitir acelerar o processo de integração monetária para culminar, em 2020, na aplicação da moeda única, de acordo com a fonte.
Segundo, Jean Claude Kassi Brou, presidente da Comissão da CEDEAO, este fórum marca uma viragem importante no processo conducente à realização de uma das mais importantes obras lançadas pelos países fundadores da CEDEAO.
Um relatório final do grupo de trabalho instaurado pelo comité ministerial foi projetado no sentido de se escolher um regime de mudança para a futura moeda e o modelo de banco central de que a CEDEAO se deverá dotar.
Além disso, o nome e o simbolo da futura moeda estavam entre as preocupações levantadas pelos participantes cujos resultados dos trabalhos são esperados pelos Chefes de Estado da CEDEAO na sua próxima sessão.