A nova presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde, afirma que é dever do BCE manter o valor do euro estável e seguro enquanto forma de pagamento. As declarações foram feitas em Frankfurt, no dia em que Christine Lagarde assinou as primeiras notas. “Na zona euro as notas bancárias são usadas nas transacções do comércio a retalho. E é a forma de pagamento mais frequente. 79% de todas as transacções são de facto feitas em numerário, em notas e moedas”, afirmou Christine Lagarde durante a conferência de imprensa. Referindo-se ao papel da instituição europeia, Lagarde adiantou que para além da política monetária e supervisão dos bancos, a função do BCE é manter o valor e a estabilidade do euro. “Fomos encarregados da política monetária e supervisão bancária para assegurar que o euro está seguro e estável”, disse a presidente do BCE. Entretanto, a mais recente sondagem Eurobarómetro cujos resultados foram publicados em Agosto sugere que a moeda única europeia e a união económica e monetária gozam de uma taxa de aprovação de 76%.

Crescimento interno
Por outro lado, a zona euro precisa de criar crescimento económico a nível interno, incluindo através de maiores investimentos públicos, só assim será capaz de contrabalançar a incerteza global. Esta a mensagem da nova presidente do Banco Central Europeu, Christine Lagarde deixada no primeiro discurso proferido enquanto presidente da instituição europeia. Lagarde não avançou com detalhes relativos à política monetária limitando-se a dizer que continuará a desempenhar a sua parte no apoio à economia.