Um acordo sobre a diminuição das tarifas plafond do pacote de serviços básicos nas companhias aéreas acaba de ser assinado entre o Governo ivoiriense e o Serviço Nacional de Aviação (NAS) Ivoire SA, delegatário do serviço público de assistência em escala do aeroporto Félix Houphouët-Boigny de Abidjan, na Côte d’Ivoire.
Segundo um comunicado oficial, publicado quarta-feira última em Abidjan, negociações entre o Ministério dos Transportes e o NAS Ivoire SA culminaram numa diminuição de 30 por cento das tarifas plafond do pacote de serviços básicos.
“Este acordo, almejado pelas companhias aéreas, vem em apoio aos esforços envidados pelo Governo com vista à redução das tarifas do transporte aéreo e ao reforço da competitividade e do estatuto de plataforma do aeroporto Félix Houphouët-Boigny de Abidjan”, lê-se na nota.
Por outro lado, o Governo ivoiriense decidiu manter a duração da sua convenção com o NAS Ivoire SA de 10 anos.
O NAS Ivoire SA lançou oficialmente as suas actividades a 24 de Março de 2015 depois de escolhida a 20 de 2014 no termo de um concurso público restrito.
Em 2017, o aeroporto Félix Houphouët-Boigny registou um tráfego de dois milhões 70 mil passageiros mas o Governo prevê atingir cinco milhões de passageiros até 2022.

Zona Económica
Recentemente, uma Zona Económica Especial (ZES, sigla em francês) foi lançada na fronteira entre o Burkina Faso, a Côte d’Ivoire e o Mali, conforme noticiou a Agência Panapress.
O lançamento deste espaço económico aconteceu em Sikasso, no Sul do Mali, na presença dos primeiros-ministros do Burkina Faso, Paul Tieba Kaba, e da Côte d´Ivoire, Amadou Gon Coulibaly, além do anfitrião maliano, Soumeylou Boubey.
A ZES deve cobrir as zonas fronteiriças de Sikasso (Mali), de Korhogo (Côte d’Ivoire) e de Bobo Dioulasso (Burkina Faso) com o objectivo de promover o desenvolvimento deste espaço comunitário, de acordo com a fonte.

Ligação aos EUA
A ligação aérea directa entre a Côte d’Ivoire e os Estados Unidos acontece desde 12 de Maio, com o voo inaugural garantido pela Ethiopian Airlines (transportadora nacional etíope). O arranque é o corolário dum processo de obtenção da certificação.