O laço entre as duas estatais, a Shenhua Group Corp, de carvão, e a China Guodian Corp., vai se chamar National Energy Investment Group Co. Ltd., informou a Comissão de Supervisão e Administração de Activos.
A nova empresa vai ser a maior do sector energético do mundo em termos de capacidade instalada, de acordo com a Bloomberg News, que disse que os activos totais vão superar 271 mil milhões de dólares. Pequim prometeu reduzir a sua produção de carvão para controlar a poluição e voltar a economia para o consumidor, enquanto também reduz sectores industriais inchados.
O país interrompeu a construção de dezenas de novas usinas de carvão neste ano para resolver o excesso de capacidade.
O principal negócio da Shenhua Group Corp. envolve a produção e venda do carvão, transporte ferroviário e portuário de materiais relacionados ao mineral, geração de energia e vendas, de acordo com o seu site.
A China Guodian Corp desenvolve, opera e gere activos de geração de energia, além de organizar a produção e a venda de energia eléctrica. Os seus activos totais chegaram a 121 mil milhões de dólares em 2016, disse a empresa.
O governo chinês iniciou um processo de fusões entre os grupos estatais que controlam indústrias como o carvão,
energia, aço e químicos.