A dívida pública externa de Moçambique, a 31 de Dezembro de 2017, era de 10.6 mil milhões de dólares, refere à agência oficial, AIM.
Segundo o ministro da Economia e Finanças, Adriano Maleiane, trata-se do somatório da dívida bilateral, que é de 4.6 mil milhões de dólares, correspondente a 43 por cento do total da dívida; e a multilateral, contraída em instituições como o Banco Mundial e Banco Africano de Desenvolvimento (BAD), na ordem dos 4.2 mil milhões, 39 por cento.
A parte remanescente é dívida comercial, no valor de 1.8 mil milhões de dólares. Esta dívida está relacionada com as empresas Ematum, Proindicus e MAM. A dívida comercial destaca-se por ter juros altos e curtos períodos de amortização.
O ministro referiu que o país “está apenas a pagar a dívida multilateral e bilateral. A comercial não está a ser paga desde o ano de 2016.