Angola e Zâmbia querem no curto prazo assinar novos acordos entre os quais de cooperação económico-financeira, entre os quais o que põe fim à dupla tributação entre os Estados.
Esta intenção manifestada esta semana, em Luanda, pela ministra zambiana das Finanças no encontro que manteve com o seu homólogo angolano, pretende dar estabilidade nos negócios entre os países.
Margaret Wanakatwe e Archer Mangueira pretendem empreender um maior dinamismo na cooperação empresarial, de modo a fortalecer as relações económicas.
No final do encontro de cortesia, os dois governantes manifestaram mútuo entendimento, assegurando ser intenção dos dois governos o aumento das relações bilaterais no âmbito económico, comercial e industrial, bem como desenvolver as transacções de comércio às importações e exportações entre empresas nacionais.
A ministra Margaret Wanakatwe exemplificou a retomada das ligações aéreas entre Luanda e Lusaka como amostra do interesse que os dos dois povos manifestam.
Por outro lado, fez saber que os dois países estão apostados na diversificação económica, mediante parcerias e investimentos nos transportes aéreos, ferroviários, entre outros sectores para produzir bens e serviços.
Angola e Zâmbia mantêm uma vasta fronteira comum e excelentes relações de cooperação no quadro bilateral, a nível da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), abrangendo as áreas políticas-diplomática, defesa e segurança, transportes, educação, saúde, agricultura, geologia e minas, cita a Angop.