O Fundo Monetário Internacional (FMI) autorizou para a Tunísia um financiamento de 257 milhões de dólares americanos, terceira tranche de um empréstimo de 2,9 mil milhões de dólares americanos concedido em 2016.
Este montante eleva para cerca de 920 milhões de dólares americanos o total dos financiamentos efectuados na Tunísia, precisaram as mesmas fontes, citando um comunicado do FMI.
O Governo tunisino pediu e obteve do FMI a modificação da tiragem em quatro tranches por ano em vez das anteriores três.
O Estado tunisino obteve também o acordo do FMI que lhe permite manter as medidas tomadas para limitar a importação dos produtos não
essenciais até Dezembro de 2018.

Programa económico
Já em Junho do ano passado, o Fundo Monetário Internacional (FMI) tinha autorizado o financiamento de uma nova fase de ajuda de 314,4 milhões de dólares, no quadro do seu programa de crédito de quatro anos a favor da Tunísia.
Depois de realizar uma auditoria ao programa económico tunisino, o FMI autorizou este financiamento que eleva o total dos créditos concedidos à Tunísia, no quadro deste programa, para 628 milhões e 800 mil dólares.
O montante global deste programa é de 2,9 mil milhões de dólares para quatro anos, aprovado pelo FMI em Maio de 2016.