As autoridades governamentais santomenses apresentaram recentemente, após uma ausência de 20 anos, as contas públicas ao Tribunal de Contas.

O relatório sobre as contas gerais do Estado relativas a 2010 foi apresentado esta quinta-feira, 13 de Junho, pelo ministro do Plano e Finanças, Hélio Almeida, ao presidente do Tribunal de Contas.

Há 20 anos que os sucessivos governos em São Tomé e Príncipe não apresentavam as contas do Estado à instituição financeira que tem como uma das principais missões controlar os dinheiros públicos.

Este feito foi considerado histórico pelo presidente do Tribunal de Contas, juiz José António Monte Cristo, já que é a primeira vez que a instituição financeira, criada há 10 anos, recebeu um relatório de contas do Governo santomense. Sublinhou ainda, que o tribunal, vai agora analisar o relatório e tentar perceber a escolha do Governo santomense que decidiu apresentar as contas de 2010 e não as de 2011 ou 2012.

Para o antigo primeiro-ministro santomense, agora homem de negócios, Tomé Vera Cruz, tratou-se de um “bom gesto do Governo que parece ter apostado na transparência”.