Aentrada do Grupo JAP no Uganda representou um investimento superior a três milhões de euros, mas, mais cerca de 22 milhões de investimento do grupo português estão previstos para outros mercados da África Oriental.
A concessionária automóvel portuguesa JAP vai investir 25 milhões de euros em três países da África Oriental: Uganda, Tanzânia e Quénia.
Na semana passada, o grupo JAP, com sede em Paredes, oficializou o lançamento da Mobikey Truck & Bus, sua nova empresa para representar a marca de veículos pesados MAN em Kampala, capital do Uganda, e Tororo.
“Na África Oriental, com as aberturas em breve em Dar Es Salam, na Tanzânia, e em Nairobi, Quénia, o Grupo investirá um mínimo de 25 milhões de euros, gerando mais de 200 postos de trabalho altamente especializados”, revela um comunicado do Grupo JAP.
O documento esclarece que, “além do investimento ambicioso, a Mobikey reforça a responsabilidade do grupo, optando pela captação e formação de habitantes locais”, acrescentou que, “no Uganda, a Mobikey tem uma equipa com mais de 80 colaboradores especializados em serviços relacionados com veículos pesados”.
O Uganda está situado no rico planalto entre os dois ramos do Vale do Rift foi habitado por bantus e nilotas desde tempos imemoriais e, quando os árabes e europeus ali chegaram, no século XIX, encontraram vários reinos, aparentemente fundados no século XVI, o maior e mais importante dos quais era o ainda existente Buganda.