O presidente da Guiné Conakry, Alpha Condé, agradeceu esta semana em Estrasburgo (França) aos vereadores europeus a ajuda sanitária dada ao seu país quando fazia face à epidemia de Ébola em 2015 e defendeu o reforço de parceria estratégica entre a África e a Europa.
Discursando no Parlamento Europeu, Condé congratulou-se igualmente com a recente assinatura do acordo da Zona Continental de Livre Comércio (ZLEC, sigla em francês) e com os progressos da Iniciativa Africana
sobre as Energias Renováveis.
Por sua vez, o presidente do Parlamento Europeu, António Tajani, defendeu o lançamento pela União Europeia de um verdadeiro Plano Marshal (plano de desenvolvimento) a favor de África para a diversificação económica, a criação dum pólo industrial para permitir
aos jovens encontrar trabalho.