Macau importou até Setembro mercadorias dos países lusófonos no valor de 582 milhões de patacas (63,26 milhões de euros), um crescimento de 22% em comparação a igual período de 2017, informaram as autoridades.
Já as exportações de Macau para os países de língua portuguesa cresceram significativamente nos primeiros nove meses do ano. Segundo a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC), Macau exportou para os países lusófonos mercadorias no valor de 24 milhões de patacas (2,61 milhões de euros), um aumento de 3.524%, face a igual período do ano passado.
No total, as exportações do território subiram 5,9% até ao final de Setembro, para 9,07 mil milhões de patacas, mas o défice da balança comercial continua a aumentar fruto do crescimento das importações em 21,7%, para 56,87 mil milhões de patacas.
As exportações para a China continental atingiram, no período em análise, 1,54 mil milhões de patacas, uma exortaquebra de 5,1% face a idêntico período do ano passado. Nesta área, a DSEC destaca a diminuição
das exportação para
Xangai (-87,4%).