O Fundo Monetário Internacional (FMI) fez saber, esta semana, da nomeação de um novo representante para Angola e Moçambique. Trata-se de Marcos Rietti Souto, que4 substitui nas funções Max Allier.
Marcos Rietti Souto vai assim encabeçar os contactos permanentes do FMI com o Governo de Angola, numa altura em que está em execução o programa de assistência financeira do fundo, que vai conceder empréstimo de 3,7 mil milhões de dólares.