A indústria diamantífera da Namíbia registou um aumento de 15 por cento em termo de vendas no ano de 2017, anuncia um relatório divulgado pelo Namibia Mining Journal.
No início deste ano, as estatísticas indicavam que a indústria de diamantes pagou “royalties” de 1,2 mil milhões de dólares namibianos (usd 95 milhões) durante o ano fiscal de 2017/18, comparado a 1,1 mil milhões de dólares namibianos (usd 87 milhões) no período financeiro 2016/17.
O relatório sublinha que as empresas diamantíferas da Namíbia pagaram mais “royalties” do que os outros sectores mineiros, que somaram um total de 172,8 milhões de dólares namibianos (usd 13,7 milhões) durante o ano fiscal de 2017/18.
De acordo com o documento, os dados provisórios da companhia De Beers para o quarto ciclo de vendas de diamantes brutos de 2018 mostram um aumento de sete  mil milhões de dólares namibianos (usd 555 milhões). “No quarto ciclo de vendas do ano, observamos uma grande procura pelos diamantes da De Beers, uma demanda de jóias, os consumidores americanos, na feira JCK Las Vegas.