Os primeiros-ministros de Portugal e da Finlândia, respectivamente, Pedro Passos Coelho e Jyrki Katainen, assinam em conjunto um artigo no Wall Street Journal, no qual pedem apoio europeu ao financiamento das pequenas e médias empresas (PME) como forma de promover o crescimento e o emprego.
Segundo a edição online do jornal português “O Público”, os governantes defendem a concretização de uma união bancária europeia, um reforço da actuação do Banco Europeu de Investimento (BEI) e “métodos inovadores” para mobilizar financiamento, como a securitização de empréstimos.
Os chefes dos executivos de Portugal e da Finlândia escreveram também, sobre esta matéria, uma carta aos presidentes do Conselho Europeu, Herman van Rompuy, da Comissão Europeia, Durão Barroso, e do Banco Central Europeu, Mario Draghi.
No artigo que assinam no Wall Street Journal, Passos Coelho e Katainen começam por afirmar que “Portugal e a Finlândia – dois países em extremos opostos do continente europeu – têm antecedentes históricos diferentes, mas partilham uma agenda alargada para o futuro da Europa”.