A Semana Global do Dinheiro, que tem como tema “dinheiro importa sim”, está a ser celebrada em Cabo Verde, pela primeira vez, com palestras sobre a educação financeira e a formação de multiplicadores em diversas escolas e comunidades.
A iniciativa é da recém-criada Associação de Promoção da Educação Financeira (Profin) em parceria com a Associação para a Defesa do Consumidor (Adeco) e a Associação dos Jovens Economistas (Ajecon).
A Semana Global do Dinheiro (Global Money Week – GMW), é uma iniciativa da ONG Holandesa Child & Youth Finance International (CYFI) e nada mais é do que uma campanha de sensibilização, criada para inspirar crianças e jovens a aprender sobre assuntos de dinheiro, meios de sustento e empreendedorismo.
No âmbito desta semana, que arrancou na segunda-feira, 12, e prolonga-se até ao dia 18, algumas actividades já foram realizadas, designadamente uma formação de multiplicadores na Escola de Negócios e Governação (ENG) da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV).

Programa de formação
De acordo com o programa foram realizadas palestras de formação de multiplicadores em Santa Cruz e em Safende na Cidade da Praia.
“São pessoas voluntárias que vão participar dessa formação e depois promover actividades de sensibilização nas escolas e nas comunidades”, explicou o representante da Profin, António Baptista.
A semana, que é uma iniciativa mundial que pretende educar financeiramente jovens e crianças, vai encerrar com atividades viradas para as famílias em diversas comunidades, na Cidade da Praia.
Sob o lema “O dinheiro importa”, a Semana Global do Dinheiro, lançada em 2012 é realizada em 137 países e, segundo a organização, conta com a participação de 23.700 grupos.