O primeiro-ministro cabo-verdiano, José Maria Neves anunciou, na Cidade da Praia, que o Governo do Japão disponibilizou 21,5 mil milhões de kwanzas ao país (cerca de 224 milhões de dólares), para projectos de água e electrificação.

“Confirmamos um pacote global de 224 milhões de dólares, para alavancarmos diferentes projectos de desenvolvimento”, declarou José Maria Neves.

O governante informou ainda que o primeiro pacote, no valor de 15,3 mil milhões de kwanzas (160 milhões de dólares), está relacionado com um projecto de dessalinização, armazenamento e transporte da água para toda a ilha de Santiago.

O primeiro-ministro de Cabo Verde disse acreditar que os 160 milhões de dólares serão disponibilizados ainda em 2013, estando já confirmada a deslocação, nos próximos dias, de uma missão japonesa à Cidade da Praia.

O segundo pacote que o Japão vai financiar ao arquipelago cabo-verdiano, no valor de 6,1 mil milhões de kwanzas (cerca de 64 milhões de dólares), tem a ver com a distribuição de energia eléctrica nas ilhas de Santiago, São Vicente, Santo Antão, Fogo, Sal e Maio.

A República de Cabo Verde é um país insular, e um arquipélago de origem vulcânica constituído por dez ilhas.