O director da Total para África, Guy Maurice, expressou esta semana, em Brazzaville, a determinação da sua empresa em continuar a investir e apoiar o Congo no seu desenvolvimento.
Este ano, completa cinquenta anos de estreita cooperação com o Congo. A Total acompanhou o Congo no seu desenvolvimento. Esteve presente em cada uma das etapas, difíceis e mais fáceis. Por isso, continuará a apoiar o governo congolês no seu desenvolvimento “, garantiu Guy Maurice, no final de uma audiência que lhe concedeu o chefe do estado congolês, Denis Sassou Nguesso,
Segundo ele, os investimentos da Total hoje representam dois terços da produção de petróleo congolesa.
“Estamos orgulhosos desses resultados. No ano passado , a Total produziu quase 200 mil barris por dia. Este é um resultado muito notável e conseguimos isto graças a todas as equipas presentes no Congo”, regozijou-se Guy Maurice.
Expressou o compromisso da Total de erradicar a queima de gás até 2030 no Congo, bem como a preservação de água através de rejeição de água no mar, em conformidade com as normas prescritas pelas autoridades congolesas.