A Tunísia aderiu oficialmente, quarta-feira, ao Mercado Comum da África Austral e Oriental (COMESA), após dois anos de negociações, confirmou o primeiro-ministro tunisino, Youssef Chahed.
Com 500 milhões de habitantes e um Produto Interno Bruto (PIB) de 800 biliões de dólares americanos, o COMESA representa um volume de trocas comerciais estimadas em 250 biliões de dólares americanos, disse Chahed. O primeiro-ministro precisou que essa adesão irá abrir importantes mercados às exportações tunisinas, através duma grande redução das barreiras aduaneiras para as mercadorias tunisinas.