A Comissão da União Europeia (UE) acaba de efectuar um primeiro desembolso de 90 milhões de euros do contrato de apoio à consolidação do Estado a favor do Mali, soube a Pana de fonte oficial.

Este desembolso integra o pacote de ajuda anunciado pela UE durante a conferência dos doadores decorrida sob o lema “Todos juntos para a renovação do Mali”, a 15 de Maio último em Bruxelas, a capital belga.

O financiamento vai contribuir para a restauração da democracia e do Estado maliano nos sectores que beneficiam directamente a população maliana, como a saúde, a educação, a segurança alimentar e a criação de empregos.

A conferência de Bruxelas permitiu recolher três milhões e 285 mil euros em ajudas, provenientes de 56 doadores bilaterais e multilaterais.

Ela permitiu igualmente definir nomeadamente pistas de acção decisivas em matéria de governação, de descentralização, de gestão das finanças públicas e de recuperação económica.

O contrato de apoio à consolidação do Estado do Mali, avaliado em 225 milhões de euros, foi assinado entre a Comissão Europeia e o Governo maliano a 15 de Maio último em Bruxelas.

O apoio será desembolsado em três fases durante o período 2013-2014, devendo um segundo financiamento estar disponível em finais de 2013.